segunda-feira, 12 de outubro de 2015

POR QUE O FILHO DE DEUS DEVE ESTUDAR A PALAVRA DE DEUS?

POR QUE O FILHO DE DEUS DEVE ESTUDAR A PALAVRA DE DEUS?
A princípio, parece totalmente desnecessário discutir as razões para estudar a Palavra de Deus. Presume-se que, após a conversão, a coisa mais natural a ser feita por um novo cristão é começar o estudo vitalício da Palavra, que originalmente o levou a Cristo. Mas observações pessoais bem como a história da Igreja provam que os fatos ocorrem ao contrário disso. A verdade é que boa parte dos cristãos conhece muito pouco sobre a Bíblia! Por isso, listamos abaixo as mais sólidas causas para estudar as Escrituras.

Por causa de seu Autor
Deus é frequentemente considerado o Criador, o Redentor, o Pastor, o Juiz etc. Claro que isso está correto, pois Ele realmente desempenha todos esses papéis. Mas há outra grande realização de Deus quase sempre ignorada entre as listas dos atributos divinos compilados pelo homem. Esse papel maravilhoso, porém esquecido, é o de Autor! Deus escreveu um livro, e esse livro inestimável e profundo é a Bíblia. Como testifica todo e qualquer autor humano, a coisa mais agradável a se dizer para um escritor é: "Ah, sim, eu li o seu livro".
E é trágico, mas verdadeiro, o fato de que muitos cristãos estarão um dia (juntos de todos os outros) diante do trono do juízo de Cristo e serão lamentavelmente forçados a admitir que, mesmo salvos por atender à mensagem da salvação no Livro de Deus, ainda assim falharam em reservar algum tempo para lê-lo. Portanto, se não for por qualquer outro motivo, a Bíblia deve ser cuidadosamente lida, para que o cristão possa proclamar a Cristo nesse dia: "Querido Jesus, há muitas coisas que deveria ter feito na terra e não fiz, bem como outras que fiz e não deveria ter feito, mas uma coisa fiz--eu li o Seu Livro!".

Por causa do mandamento, frequentemente repetido, para lê-lo

Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. (Josué 1.8) 
Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2Timóteo 2.15).

E note especialmente este último versículo. Jesus disse cada uma destas palavras:

Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. ( Mateus 4:4)

Porque a Bíblia é o caminho escolhido por Deus para realizar Sua vontade divina.
Os pecadores são salvos pela mensagem da Bíblia.

Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?
E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.
Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação?
De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. (Romanos 10:13-17)

Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Homens judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. (At 2.14)

E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos? (At 2.37)

Mas os que andavam dispersos iam por toda a parte, anunciando a palavra.
E, descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava a Cristo.
E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia;
Pois que os espíritos imundos saíam de muitos que os tinham, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados.
E havia grande alegria naquela cidade. (Atos 8:4-8)

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. (1 Pedro 1:23)

Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas. (Tiago 1:18)

Os santos são santificados pela mensagem da Bíblia.
Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. (João 17:17)
Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo; (1 Pedro 2:2)
Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação;
(1 Tessalonicenses 4:3)
Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.

Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos.
Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. (Salmos 119:9-11)
Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.
Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso.
(Provérbios 30:5,6)
Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. (João 15:7)
Agora, pois, irmãos, encomendo-vos a Deus e à palavra da sua graça; a ele que é poderoso para vos edificar e dar herança entre todos os santificados. (Atos 20:32)

Porque nosso inimigo, o diabo, leu a Bíblia
Durante os eventos de Mateus 4, Cristo foi tentado três vezes pelo diabo. Em cada uma dessas ocasiões, o Salvador respondeu a Satanás com a frase está escrito e, em seguida, fez uma citação da Palavra de Deus encontrada no livro de Deuteronômio. Mas é quase sempre ignorado o fato de que a frase está escrito é repetida quatro vezes em Mateus 4 e que, na quarta repetição, é o diabo quem cita as Escrituras para Cristo! Observe as circunstâncias desta passagem:
Então o diabo o transportou à Cidade Santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. (Mateus 4.5,6)
Nesse ponto, Satanás cita as palavras do Salmo 91.11,12. Certamente, elas estão completamente fora de contexto, mas em primeiro lugar, como o diabo conhecia essas palavras? A resposta é dolorosamente óbvia. Certo dia, quando não tinha nada melhor para fazer, ele deve ter se assentado e estudando o Salmo 91. É provável que muitos cristãos, atualmente, nunca leram esse salmo, mas o diabo aparentemente o decorou! Por isso, precisamos ler a Palavra de Deus, para que Satanás não tenha vantagem sobre nós.

Por causa do exemplo de Paulo
Paulo foi provavelmente o maior cristão que já viveu. Suas realizações espirituais certamente não foram desprovidas de maravilhamento. Eis o homem que fez as primeiras três viagens missionárias, fundou e pastoreou as primeiras 50 ou mais igrejas de cristãos na Bíblia, escreveu quase metade do Novo Testamento e que, pelo menos, uma vez, foi arrebatado para o terceiro céu! Mas depois ele foi preso, condenado à morte e jogado na prisão. Leia cuidadosamente suas últimas palavras a Timóteo, pouco antes de ser executado:

Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo.
Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.
Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda[...]
 Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos.
2 Timóteo 4:6-8,13 (Veja também: O Apóstolo Paulo )

Que pergaminhos eram esses? Eram suas cópias dos rolos do Antigo Testamento. O que precisa ser enfatizado é: apesar de todas as suas maravilhosas realizações, o apóstolo ainda conseguia beneficiar-se do estudo da Palavra de deus, mesmo às vésperas de sua morte.

Porque somente a Bíblia provê respostas
Toda geração pondera sobre três questões:
De onde eu vim?
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
Gênesis 1:26,27
Sabei que o Senhor é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto. Sl 100.3

Por que estou aqui?
De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.
Eclesiastes 12:13
Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas. Apocalipse 4:11

Para onde vou?
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. João 3:16-18
O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará[...]  Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias. Sl 23.1,6
E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.Apocalipse 20:15

Porque nunca mais teremos a oportunidade de aplicar muitos desses versículos depois de deixarmos esta terra.
Não haverá mais oportunidade para aplicar 1Co 10.13 no céu, porque não haverá mais tentação.

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.
1 Coríntios 10:13

Não haverá mais oportunidade para aplicar 1Jo 1.9 no céu, porque não haverá mais pecado.

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 1 João 1:9

Não haverá mais oportunidade para aplicar Filipenses 4.19 no céu, porque não haverá mais necessidades.

O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. Filipenses 4:19

Não haverá mais oportunidade para aplicar João 14.1-3 no céu, porque não haverá mais tristeza.

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.
E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João 14:1-3

Não haverá mais oportunidade para aplicar o Salmo 23.4 no céu, porque não haverá mais morte.

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Salmos 23:4

Porque a única prova definitiva de nossa fé é a Bíblia
Por fim, imagine a seguinte situação: frequentemente, os que não creem lançam a seguinte acusação contra os que creem: "Ah, vocês, cristãos, são todos iguais! São tão dogmáticos. Admitem que só vocês estão certos e que todas as outras pessoas estão erradas. Como vocês podem ter tanta certeza de que é verdade aquilo em que acreditam?".
Essa pergunta, geralmente feita de forma escarnecedora, é, contudo, justa. Como o filho de Deus sabe que sua fé é a única verdadeira? Imaginemos que você seja convidado para um importante evento social em sua cidade natal. Pessoas de todo o mundo estarão nessa reunião. Conforme as apresentações são feitas, vagarosamente você começa a perceber que o único a se professar cristão é você mesmo. Na sequência, apresentam-no a budista, a confucionistas, a xintoístas, a muçulmanos e a outros indivíduos todos pertencentes a diversas religiões não cristãs.
Depois de um jantar agradável, as conversas gradualmente passam a tratar de religião. Sua anfitriã, ao perceber que o assunto é de interesse geral, subitamente anuncia: "Tive uma grande ideia! Já que todos aqui parecem ter um grande interesse por religião sugiro que a compartilhamentos uns com os outros, dando a cada pessoa dez minutos para falar ininterruptamente sobre o assunto 'Por que acredito que minha fé é a verdadeira'".
O grupo rapidamente concorda com essa ideia rara e provocante. Em seguida, sem nenhum aviso prévio, a moça se vira para você e exclama: "Você primeiro!". Todas as outras conversas cessam imediatamente. Todo os olhos estão fixados em você.
Todos os ouvidos estão atentos para apreender suas primeiras palavras. O que você dirá? Como poderá começar?
Você não poderá dizer: "Sei que estou certo, porque sinto que estou certo! Cristo vive em meu coração!". Claro que isso é uma verdade maravilhosa, vivida por todos os cristãos, mas isso não convencerá o budista, que certamente sentirá que também está certo.
Você não poderá dizer: "Sei que estou certo, porque o cristianismo tem mais seguidores no mundo do que qualquer outra religião". Isso não é exatamente verdade hoje em dia. Atualmente, a triste verdade é que o cristianismo evangélico e biblicamente cristão representa uma distinta minoria no mundo. Sem dúvida, o muçulmano rapidamente apontaria isso para você.
Você não poderá dizer: "Sei que estou certo, porque o cristianismo é a mais antiga de todas as religiões". Embora isso seja essencialmente verdadeiro, o confucionista talvez o questione e lembre que os ensinamentos de Confúcio apareceram séculos antes dos acontecimentos em Belém, pois é claro que ele não poderia entender a existência eterna de nosso Senhor Jesus Cristo.
Em suma, você não poderia usar esses argumentos. O que você então poderia dizer?
Na verdade, você teria à sua disposição apenas um único argumento. Mas essa razão, essa arma, quando usada corretamente, é mais do que o suficiente para convencer irresistivelmente qualquer ouvinte honesto e sincero em alguma reunião social. Essa maravilhosa arma e argumento irrespondível é a sua própria cópia pessoal da Bíblia!
O que você poderia dizer? Bem, você poderia segurar sua Bíblia e proclamar confiantemente o seguinte: "Vejam isto! Sei que estou certo, porque o Autor de minha fé me deu um Livro que é completamente diferente dos livro das outras religiões". Em seguida, você poderia continuar (até que seu tempo acabasse) e demonstrar a unidade, a indestrutibilidade e a influência universal da Bíblia. Você poderia pôr em discussão a precisão histórica, científica e profética das Escrituras Sagradas. Por fim, você conseguiria relacionar exemplos incríveis daquilo que talvez seja a maior prova singular do poder sobrenatural da Bíblia, isto é, o seu maravilhoso poder de transformar vidas!
É claro que seria dito que nem a Palavra de Deus nem o Deus da Palavra podem ser cientificamente analisados pelo tubo de ensaio do laboratório. O Criador divino ainda deseja e requer a fé da parte de Sua criação (Veja Hb 11.1-6). Mas Ele presenteou-nos com um compêndio celestial que nos auxilia com essa fé necessária. Com efeito, o Evangelho de João afirma especificamente:

[...]  para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome. João 20:31

Até a próxima!
Fica na paz!
Você também vai gostar de ler: